Home Aula de canto Segunda Voz – Teoria (Aula 2)
Segunda Voz – Teoria (Aula 2)

Segunda Voz – Teoria (Aula 2)

0
0
Rate this post

Oi pessoal do Cifra Club Eu sou a Natália Sandim. E hoje Eu vou falar de segunda voz. Bom, essa é a segunda aula teórica sobre esse assunto e como eu disse na primeira eu vou dar um exemplo mostrando na prática como funciona o processo de criação de uma segunda voz. Lembrando, que existem outras possibilidades e caminhos que você pode seguir para criar uma segunda voz. Mas hoje eu vou mostrar de uma forma geral uma dessas possibilidades.

Mas é o seguinte, para você poder acompanhar e entender essa aula direitinho é importante que você assista a primeira aula teórica de segunda voz. E pra isso é só clicar no link que tá na descrição do vídeo, Ok? Então, vamos lá! Pra te dar o exemplo de como pode ser o processo de criação da uma segunda voz eu escolhi um trecho da música “Canto do povo de um lugar” do Caetano Veloso Então, o nosso ponto de partida vai ser a melodia principal desse trecho que é essa daqui ♪ música ♪ Então, é o seguinte A primeira coisa a fazer é identificar as notas dessa melodia e pra gente fazer isso a gente tem duas opções encontrar um partitura da música com a melodia já pronta ou então, tirar a melodia da música de ouvido E nesse caso a gente vai precisar da ajuda de um instrumento pra poder identificar as notas direitinho

Ok? Bom, as notas da melodia do trecho escolhido são essas aqui ♪ Música ♪ Com as notas da melodia já identificadas o ideal é descobrir de onde vem essa melodia ou seja, de qual ou de quais escalas ela se originou e para fazer isso nós temos alguns caminhos Fazer uma análise de todas as notas que formam a melodia e tentar descobrir qual ou quais escalas apresentam essas mesmas notas ou então se a gente já tiver estudado mais escalas já tiver uma percepção mais desenvolvida em relação a sonoridade delas dá pra identificar qual a escala de origem dessas notas auditivamente, mesmo Mas tem uma coisa Esses dois processos também podem ser feitos juntos pois um ajuda o outro ou seja, na medida que a gente vai identificando e analisando as notas a própria sonoridade da melodia, já vai nos induzir auditivamente a pensar em uma determinada escala Mas como eu já disse antes pra fazer isso é importante estar bem familiarizado com a sonoridade delas e também, conhecer bem os diferentes tipos de escalas Beleza? A melodia da nossa música tem origem na escala de Dó maior Então, depois de saber qual a origem dessa melodia nós já conseguimos saber, também quais as notas que provavelmente vão soar melhor e que a gente pode usar na construção da segunda voz Bom, essas notas que a gente vai usar são exatamente as da escala que a gente identificou A de Dó maior Então, agora vamos para o próximo passo O próximo passo é identificar os acordes da música e o momento exato em que eles ocorrem em relação a melodia Isso porque como eu disse na primeira aula as notas da escala que a gente vai utilizar pra construir a segunda voz devem combinar com as notas da melodia principal e também, com as notas dos acordes da música Por isso é importante saber quais notas compõe cada acorde Então, vamos lá! Pra saber quais são os acordes e as notas que compõe cada um deles você também tem duas opções Você pode procurar uma cifra com os acordes já prontinhos ou pode tirar de ouvido também usando um instrumento musical

Ok? Lembrando que pra fazer isso você tem que ter um conhecimento de harmonia e de como são formados os acordes Beleza? Então, vamos lá! Nesse trecho da melodia nós temos esses acordes aqui O acorde de Dó maior formado pelas notas Dó, Mi e Sol O acorde de Sol maior formado por Sol, Si e Ré O Lá menor Que tem as notas Lá, Dó e Mi O Mi menor, formado por Mi, Sol e Si O Fá maior Por Fá, Lá e Dó E por último, o Sol com sétima Formado pelas notas Sol, Si, Ré e Fá Bom, o acorde vai servir como um guia Ele vai nos orientar na escolha das notas da escala que provavelmente soarão melhor em cada trecho da segu nda voz de acordo com a harmonia que está sendo tocada Então, depois de dar uma olhada nos acordes e de saber quais notas formam cada um deles uma dica é a gente tentar montar a segunda voz tendo como base as notas do acorde nos trechos em que eles aparecem Então, no momento em que cada acorde entra na música você pode tentar montar a segunda voz usando as notas do acorde que entrou Bom, depois de ter identificado as notas da melodia principal a escala de origem delas e as notas dos acordes já dá pra começar a criar a segunda voz Então, vamos lá! A gente vai selecionar os trechos da melodia em que vamos querer que a segunda voz cante também Lembrando que a segunda voz não precisa cantar o tempo todo com a melodia Pode ser só em trechos específicos como refrão, ou algum outro trecho em que fique legal ter uma segunda voz Uma outra dica legal é que pra criar uma segunda voz mais interessante é legal que a gente fuja das notas da melodia principal ou seja, que a gente não coloque na segunda voz a mesma nota que está sendo cantada na melodia principal ao mesmo tempo Senão ela não vai aparecer e vai ser simplesmente mais uma voz cantando as mesmas notas Escolhidos os trechos em que vamos querer a segunda voz a gente deve identificar agora os momentos em que o acorde entra e até onde ele permanece na música Depois de fazer isso a gente observa qual nota da melodia está sendo tocada nesse momento de entrada do acorde e procuramos uma outra nota da escala que seja também do acorde, pra ser cantada junto A cada mudança de acorde a nota da segunda voz deve ser alterada de acordo com o acorde em questão Mas tem uma coisa no caso de terem dois acordes que tenham uma ou mais notas em comum essa notas que se repetem podem permanecer durante um trecho maior na segunda voz ou seja, durante o trecho em que esses acordes estão sendo tocados À partir dessa nota podemos escolher se vamos acrescentar outras notas gerando uma segunda voz que se movimente paralelamente a melodia se vamos manter a mesma nota o tempo todo, etc Agora, isso depende se queremos uma segunda voz mais movimentada ou mais parada O importante é soar bem de acordo com o trecho da música ou até mesmo com o estilo dela Agora, a nossa segunda voz está pronta Então, vamos ouvir como ela ficou ♪ Música ♪ Agora, a gente vai ouvir a primeira e a segunda voz juntas ♪ Música ♪ Bom, como existem muitas possibilidades na hora de construir uma segunda voz além dessa que você ouviu eu criei também uma outra opção de segunda voz pra esse mesmo trecho Então, dá só uma olhada ♪ Música ♪ Resumindo, estão aqui algumas dicas pra te ajudar na criação da segunda voz Olha só! Dica 1 Número 2 Dica 3 Dica 4 Essas notas provavelmente soarão bem melhor nesses trechos Dica 5 Dica 6 Então, é isso aí Agora você já tem uma ideia de um dos caminhos que você pode seguir na hora de construir uma segunda voz pensando na teoria E na verdade pra gente conseguir fazer isso é importante estudar muito pois é um assunto muito longo com muitas regras possibilidades e que exige um estudo aprofundade Bom, você deve entender de harmonia de escalas e além disso, deve ter um ouvido bem treinado uma percepção auditiva aguçada além de ser fundamental que você toque um instrumento também Agora, é o seguinte como eu disse na nossa primeira aula existe uma outra forma de aprender fazer segunda voz que é mais prática e que também funciona muito que é cantando músicas que tem segunda voz treinando a sua percepção auditiva buscando ouvir com atenção músicas que têm segunda voz pois assim você vai criando certas memórias aumentando a sua capacidade de perceber a segunda voz de cantar ela junto com a primeira ser misturar e assim, vai se acostumando a cantar melodias que se encaixam e combinam com a melodia principal Essa é uma outra forma de aprender a fazer segunda voz sem pensar na teoria E é isso que a gente tá treinando nas aulas práticas de segunda voz aqui do Cifra Club Então, é isso aí Pra assistir mais vídeo-aulas é só entrar no Cifra Club Qualquer dúvida, deixe um comentário aqui Um abraço E até a próxima (Barulho com a boca) Olha que esquisito! (Barulho com a boca) (Barulho com a boca) Você tem que ver que minha boca tá aqui assim, ó Nos Slow Motion O acorde é formado por Hã!? Com as notas da melodia principal e também com as nota dos – Ihhhh – (atrás da câmera) As nota? Com as nota Combinar com as nota Bom, depois de ter identificado as notas da escala Ihhhh Ihhhh, Jesus! Vamos lá, Nat, funciona! Tô trocando as bola do

tags: